O técnico Fernando Diniz acredita que o São Paulo vai brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Após a vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians, neste domingo, no Morumbi, o Tricolor foi aos 13 pontos e assumiu a vice-liderança do torneio.

– O São Paulo demonstra ter muito trabalho e confiança no que faz. Não sei quem vai ser campeão, mas o São Paulo certamente é um dos candidatos que vai brigar até o final para trazer esse título ao seu torcedor – afirmou Diniz, em entrevista coletiva após o jogo.

A vitória foi a terceira seguida do São Paulo na competição. A sequência diminui a pressão que se instalou na comissão técnica e no elenco após a eliminação para o Mirassol, nas quartas de final do Campeonato Paulista. A chegada ao estádio neste domingo aconteceu sob um pequeno protesto.

A mudança de ambiente veio acompanhada de trocas na equipe titular. Do time que foi derrotado no Paulistão, apenas três titulares estiveram em campo neste domingo (Tiago Volpi, Tchê Tchê e Pablo) - Daniel Alves, operado, e Reinaldo, suspenso, também não atuaram.

Diniz espera a mesma dedicação para continuar brigando na parte de cima da tabela.

– Se pegar em relação ao jogo de hoje, é manter o que foi feito no primeiro tempo. Conseguimos marcar muito alto e tivemos mais contundência na frente. Hoje, se não me engano, tinham oito ou nove jogadores diferentes, e com o tempo a gente vai melhorando. Vamos construindo pouco a pouco – disse.

Ausente da partida deste domingo por conta de uma fratura no braço, Daniel Alves teve a vitória dedicada a ele por Fernando Diniz. Segundo o treinador, o camisa 10 é um dos grandes responsáveis por essa virada de espírito do elenco. O jogador não tem previsão de retorno aos gramados.

O São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Atlético-MG, às 20h, no Mineirão, pela sétima rodada do Brasileirão.