O São Paulo fez neste domingo o último treino antes de viajar a Quito, no Equador, onde na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), enfrenta a LDU pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

O meia Daniel Alves, que se recupera de uma fratura no braço direito, não viajará - sua presença na delegação era considerada improvável durante a semana. Outro desfalque será o lateral-direito Juanfran, liberado para viajar à Espanha após a morte de um parente próximo.

Além deles, o atacante Luciano é outra baixa. Ele cumprirá o segundo de três jogos de suspensão por ter sido expulso quando ainda defendia o Grêmio.

Quem volta a ser relacionado é o atacante Tréllez. O jogador não era convocado por Fernando Diniz deste a partida contra o Guarani, pelo Paulistão, no dia 26 de julho. A última vez que ele entrou em campo foi em março, contra o Botafogo-SP.

O elenco realizou atividade pela manhã no CT da Barra Funda e viaja ao Equador neste domingo em voo fretado. A programação é de fazer um treino em Quito na segunda-feira, às 18h (de Brasília).

O jogo ganhou ainda mais importância após o empate com o River Plate, na última quinta, em casa, em 2 a 2. O São Paulo é o terceiro colocado no Grupo D, com quatro pontos, assim como os argentinos, que têm vantagem no saldo de gols. A LDU lidera, com seis pontos, e o Binacional, do Peru, é o lanterna, com três.

O São Paulo folgou neste final de semana no Brasileiro. O jogo contra o Athletico-PR, da 11ª rodada, foi adiantado para o final de agosto e vencido pelo time de Fernando Diniz por 1 a 0.